4 perguntas para fazer aos filhos e estimular o dialogo

Para ser um pai ou mãe presente, não basta apenas estar ao lado dos filhos em momentos bons e ruins. É preciso também entendê-los, se envolver na vida deles de forma participativa e aprender a dialogar com eles, mostrando-se disponível para ouvi-los. Quando os filhos ainda são pequenos, cabe aos pais observar o dia a dia das crianças e aproveitar momentos lúdicos para iniciar um diálogo livre, que vai aos poucos alcançando assuntos como a escola, a relação com os amigos, etc. Nesses momentos, é importante que os pais saibam indagar a criança sem que ela se sinta pressionada ou vigiada. A conversa deve fluir, com o interesse genuíno dos pais pela vida, pensamentos e sentimentos da criança. Os pais também devem atentar para o modo como questionam, pois isso se reflete no modo que a criança responde. Por exemplo, se os pais demonstrarem estar bravos ou em tom de crítica, a criança pode sentir-se acuada, e esquivar-se de dar uma resposta sincera sobre o que estiver acontecendo. Para ajudar os pais a iniciar esses diálogos com seus filhos, trouxemos 4 perguntas indispensáveis que devem ser incluídas em suas conversas com os pequenos. Confira: Você está bem? Um diálogo sobre as emoções da criança pode iniciar com esta pergunta simples. A partir da resposta da criança, os pais podem estender o assunto para saber se a criança está feliz com a escolinha que frequenta, com seus amigos ou ainda em sua relação com os irmãos. O que você sonhou esta noite? Esta pergunta ressalta a importância da imaginação e da fantasia para criança. Quando os pais se mostram abertos a entender o “mundo da imaginação” dos filhos, eles ficam mais propensos a se abrir e compartilhar suas ideias e sonhos. O que deixa você tão irritado/agitado? Quando a criança está com raiva ou muito agitada, repreendê-la não é a melhor alternativa. Questionar os motivos da criança permite que os pais entendam melhor a causa da situação e possam ajudar a criança a aprender a lidar melhor com suas emoções. Do que você brincou hoje? Por meio das brincadeiras seja em grupo ou sozinhas, as crianças aprendem conceitos como cooperação, compartilhar, atenção, organização, etc. Além de observar, os pais também podem questionar a respeito das brincadeiras da criança, suas preferências, com quais amigos se relaciona melhor, as atividades realizadas na escola e assim por diante. É importante os pais manterem um tom de curiosidade, amparando e orientando a criança quando necessário – evitando que ela se sinta criticada, rebaixada ou ameaçada.

About the Author: Balão Magico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mostrar Botões
Share On Facebook
Share On Twitter
Contact us
Ocultar Botões